Gestão Humanizada

09/11/2015

Categoria: Destaque, Liderança

 

Percebemos que nos dias de hoje, muitos são os desafios dos gestores nas organizações. Isto não é novidade!

Os gestores são responsáveis não “apenas” por gerar resultados, mas também por desenvolver os profissionais de suas equipes.

Um dos fatores, que no meu ponto de vista, abre as portas para o alto desempenho é a humanização da gestão.

O cenário econômico mundial em plena era do conhecimento tem como características a competitividade, a falta de lealdade por parte dos clientes, uma grande responsabilidade social por parte das empresas e mais, mudanças contínuas que exigem velocidade do aprendizado e flexibilidade para ajustar o que for preciso no meio do caminho.

Não é por acaso que as empresas são tomadas por ambientes de ansiedade, medo e desconfiança entre indivíduos da mesma equipe.

O líder é o ator principal que vai determinar se a equipe é voltada para um modelo no qual as pessoas se protegem, e aí vale tudo pra garantir um lugar ao sol ou se a equipe coloca foco em desempenho, cujo principal ingrediente é explorar o potencial individual dos profissionais em prol de algo maior, ou seja, do objetivo comum.

O humor do líder em diferentes ocasiões, a forma como comemora ou não as vitórias, a forma como lida com um resultado não desejado e o exemplo que ele dá, são termômetros do seu estilo de liderança.

Humanizar a gestão é criar recursos para que os líderes tenham a consciência de que a chave do sucesso está no apoio e no desenvolvimento das equipes no sentido de explorar e expandir potenciais, trazer integração e diversidade para as equipes. É conhecer individualmente os profissionais e interagir em diversos níveis com estes talentos.

O Coaching entre outros benefícios, promove apoio ao líder na humanização da gestão, traz  expansão de consciência, autoconhecimento e explora positivamente os potenciais dos indivíduos e consequentemente das equipes.

Além disso, o Coaching contribui para a criação de um modelo de gestão voltado para o aprendizado, fator essencial para o crescimento.

Convido você a refletir em qual modelo de gestão você está inserido: proteção ou desempenho?